quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Sou Espiritualista com muito orgulho!

Sei que muitos amigos espiritualistas (espíritas) não vão gostar do texto, mas, nossas observações estão estribadas na Bíblia Sagrada e, se você acredita nela, não pode rejeitá-la.

Outro ponto: Sendo espírita você não é cristão, talvez, por ignorância você até pense que é cristão, mas, não o é. O verdadeiro cristão crê em Jesus e segue os seus mandamentos.

Alguns vão até me repreender, dirão: “Cada um com a sua religião!” “Você não tem nada com isso!” “Sigo o que eu quiser!”.

Pois bem, de tudo isso eu sei, mas, como já estive nesse lado por 5 longos anos e hoje, graças Deus vejo o engano que cometi, estou aqui para alertar a todos que ainda por fé ou por medo, continuam seguindo essa Seita.

No entanto, todo ser humano, independente de sua prática religiosa ou qualquer outro aspecto que o distinga, deve ser tratado dom o maior respeito e amor, pois isso é premissa universal da fé cristã.

Espiritualismo é um nome moderno para o que a Bíblia chama feitiçaria ou espiritismo.

Um espiritista é um místico que se torna num canal, ou num agente receptor, para receber comunicações que vêm do mundo dos espíritos.

Que Diz Deus sobre o espiritismo? A Bíblia diz em Levítico 19:31 “Não vos voltareis para os que consultam os mortos nem para os feiticeiros; não os busqueis para não ficardes contaminados por eles. Eu sou o Senhor vosso Deus.”

O Espiritismo já era comum entre os pagãos nos tempos remotos. Deus preveniu os Filhos de Israel para não se envolverem com o espiritismo justo antes de entrarem na Terra Prometida de Canaã.

A Bíblia diz em Deuteronômio 18:9-12 “Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te dá, não aprenderás a fazer conforme as abominações daqueles povos. Não se achará no meio de ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, nem encantador, nem quem consulte um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz estas coisas é abominável ao Senhor, e é por causa destas abominações que o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti.”

As pessoas buscam conselhos dos médiuns psíquicos. Qual é a fonte verdadeira das mensagens transmitidas por estes espiritistas?

Um episódio na vida do Apóstolo Paulo esclarece o assunto da identidade dos espiritistas. A Bíblia diz em Atos 16:16-18 “Ora, aconteceu que quando íamos ao lugar de oração, nos veio ao encontro uma jovem que tinha um espírito adivinhador, e que, adivinhando, dava grande lucro a seus senhores. Ela, seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: São servos do Deus Altíssimo estes homens que vos anunciam um caminho de salvação. E fazia isto por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou- se e disse ao espírito: Eu te ordeno em nome de Jesus Cristo que saias dela. E na mesma hora saiu.”

Espíritos maus, anjos que antes viviam com Deus no céu, rebelaram-se com Satanás e foram lançados ao planeta Terra.

A Bíblia diz em Apocalipse 12:7-9 “Então houve guerra no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão. E o dragão e os seus anjos batalhavam, mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou no céu. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele.”

Como os espíritos do Espiritualismo são satânicos, esta atividade é odiosa nos olhos de Deus.

De fato, durante os tempos dos Israelitas, qualquer pessoa envolvida em espiritismo era punida com a morte.

A Bíblia diz em Levítico 20:27 “O homem ou mulher que consultar os mortos ou for feiticeiro, certamente será morto. Serão apedrejados, e o seu sangue será sobre eles.” Isaías 8:19 “Quando vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os feiticeiros, que chilreiam e murmuram, respondei: Acaso não consultará um povo a seu Deus? Acaso a favor dos vivos consultará os mortos?” 

Obviamente, não vamos apedrejar nenhum espírita em nossos dias, mas o alertamos expressamente a que se arrependam e se voltem para Cristo como Senhor e Salvador de suas vidas.

Pr. Reinaldo Ribeiro

João Placoná – Presbítero, Bacharel em Teologia, Pregador da Palavra, Palestrante e Articulista.